>> Destaque - Mercado

Veeam expande oportunidades para parceiros conforme adoção em nuvem

Novos programas impulsionam o crescimento da receita e oportunidades de negócio; para responsáveis pelas áreas de Canais LATAM e Brasil, novos produtos lançados durante a Conferência VeeamOn devem aumentar demanda por serviços da companhia

Por: Alexandre Finelli, ⌚ 19/05/2017 às 12h44 - Atualizado em 22/05/2017 às 11h27

De acordo com uma pesquisa recente, 69% das empresas sentem que a disponibilidade é um requisito fundamental para a transformação digital. Para entregar essa necessidade, a Veeam anunciou durante sua Conferência que ocorre nessa semana em New Orleans (EUA), diversas iniciativas e ofertas centradas nos parceiros para ajudá-los a impulsionar o crescimento de receita e oportunidades de negócio, à medida que clientes adotam um ambiente multinuvem ou de nuvem híbrida.

 

Hoje, a Veeam tem uma grande rede de canais que entrega soluções para gerenciamento e proteção de dados na nuvem. São 47 mil ao todo e 15 mil VCSPs (parceiros do Veeam Cloud and Service Provider) oferecendo serviços de backup e recuperação de desastres, além de outros 2.900 colaboradores que usam o Veeam Cloud Connect.

 

LATAM

 

Na América Latina, os canais têm a mesma importância. “Essa é a única maneira para chegarmos até os clientes finais. Por isso, estamos sempre investindo, dando benefícios, aumentando margens de lucro e desenvolvendo programas interessantes para eles aproveitarem bem a relação com a marca”, afirmou Sara Wilson, diretora de Canais LATAM da companhia.

 

No Brasil, o programa de canais funciona desde maio de 2012. Quem sempre esteve à frente da operação é Rodrigo Aliaga, diretor de Canais da Companhia. Segundo o executivo, o Pais conta principalmente com três distribuidores: Westcon, Arrow e Adistec, todos com modelo de venda transacional.

 

No total, são cerca de 670 parceiros cadastrados, sendo que 20% são canais pertencentes às categorias Silver, Gold e Platinum do programa ProPartner. De 2015 para 2016, houve um crescimento de aproximadamente 35% no número de parceiros e a expectativa é manter a faixa de aumento neste ano.

 

O mercado brasileiro para Veeam também parece promissor. A região teve um acréscimo de faturamento de 75% no último ano. Na opinião de Sara, nem mesmo a atual crise do País é capaz de conter o avanço local. Pelo contrário, o atual momento econômico pode até contribuir para o desenvolvimento de novas alianças. “Temos percebido uma grande necessidade das empresas em estarem sempre disponíveis. Em tempos de crise, qualquer interrupção pode ser fatal”, disse.

 

Tanto Sara quanto Aliaga apostam no novo programa VASP (Veeam Accredited Service Partner), que permite aos membros entregar serviços profissionais e ajudar clientes a perceber mais confiabilidade, valor e retorno de investimento na marca, e também para arquitetar, implementar e gerenciar as soluções.

 

O programa oferece ainda benefícios incluindo mais serviços técnicos (acesso a orientações e documentação sobre as melhores práticas) e auxílio de treinamentos e demonstrações.

 

Com os novos anúncios feitos durante a Conferência, Sara tem a expectativa que haverá mais demanda por parte dos canais. Além disso, ela destacou a iniciativa da Veeam, anunciada em fevereiro de 2017, de oferecer US$ 200 milhões por meio do programa exclusivo Veeam FREE Cloud Services.

 

*Alexandre Finelli viajou a New Orleans a convite da Veeam

 

>> Destaques